Se você quer aprender como criar um produto digital para vender na internet, então recomendo fortemente que leia este artigo até o final.

Afinal, porque você deve aprender como criar um produto digital e vender ele na internet. Eu poderia citar vários motivos para isso.

Mas eu vou te citar apenas um único motivo e com total certeza irá te convencer. Ao criar um produto digital vai te gerar renda passiva por muito tempo.

Se você não sabe o que é renda passiva, eu vou te explicar:

É como você tivesse uma casa alugada, você construiu a casa e alugou e começa a receber um valor todos os meses.

Basicamente, é você ganhar dinheiro sem precisar fazer algo diretamente.

Vou deixar aqui um artigo falando exclusivamente de como gerar renda passiva.

Portanto, você deve estar pensando agora, como que criar um produto vai gerar renda passiva.

Funciona como no exemplo do aluguel da casa, no caso do seu produto digital, você cria seu produto e monta toda a sua estrutura de vendas, e ele vai ficar funcionando no automático.

Depois de toda a estrutura pronta, as vendas vão ser realizadas sem você estar presente.

Isso mesmo! A internet tem um poder incrível e você deve fazer uso dela a seu favor.

◊ ◊ ◊

Como criar um produto digital (infoprodutos)

Antes de eu começar a te explicar como criar um produto, para vender na internet é preciso que você conheça o que é um infoproduto.

Bom, então o que é um infoproduto (produto de informação)? Para você compreender melhor, um infoproduto é qualquer tipo de produto, que você cria e ensina outras pessoas com os seus conhecimentos.

 

Tipos mais comuns de infoprodutos

◊  E-books.

◊  Cursos online.

◊  Áreas de membros.

◊  Cursos em áudio.

◊  Webnários.

Portanto, esses são alguns dos produtos digitais que são mais criados atualmente. Você pode começar criando um e-book, por exemplo, e depois criar outros produtos.

 

1 – Quem vai comprar o seu produto?

comprar o produto

A grande maioria das pessoas que querem criar um produto digital, acaba cometendo um erro clássico. Focam primeiro no produto.

Antes mesmo de começar a criar o seu produto, você deve focar e começar a pensar em quem vai comprar o seu produto.

Vou usar um exemplo, supondo que você queira criar um e-book sobre como importar dos EUA.

Mas, se você não souber quem são as pessoas que querem aprender a importar, simplesmente você não vai conseguir vender o seu e-book, por mais bem feito que ele seja.

Para criar um produto, primeiro você tem que descobrir o que as pessoas querem e depois entregar a elas.

Portanto, aqui nessa primeira etapa o seu foco principal deve se concentrar em quais pessoas você vai querer ajudar.

Para te ajudar nessa primeira etapa, vou te disponibilizar um conteúdo que vai te ajudar a escolher o seu nicho de mercado.

 

2 – Qual vai ser o assunto do seu produto?

Depois da etapa 1 concluída, com o seu público-alvo definido é a hora de definir qual vai ser o assunto do seu produto.

Portanto, aqui nesse ponto é preciso pensar como ele vai ajudar na vida dos seus futuros compradores (clientes).

Dentro do planejamento do seu produto, você deverá definir quais são as necessidades dos seus clientes, e que o seu produto irá suprir.

No exemplo, do e-book que ensinaria a importar dos EUA, ele poderia ser feito pensando nas necessidades como:

◊  Gerar uma renda extra;

◊  Montar uma loja de produtos importados;

◊  Revender produtos importados;

◊  Para uso próprio;

Portanto, todos esses aspectos ou outros que poderiam ser incluídos, que eu não citei nesse exemplo, precisa estar no planejamento do seu produto.

 

Necessidades do seu público

A forma mais simples para se descobrir quais são as necessidades do seu público-alvo, para criar seu produto é fazendo pesquisas.

Normalmente as pessoas nunca sabem exatamente o que querem. Para que elas revelem exatamente o que elas querem é perguntando.

Por exemplo, suponha que você queira criar o e-book como importar dos EUA, em vez de perguntar como importar ao seu público.

Pergunte quais são os produtos que elas mais querem importar, quais são os desafios que impedem elas de  importar e etc.

Você deve estar se perguntando agora: “como eu irei fazer essas pesquisas”?

Comece pelo básico, pergunte para seus amigos, amigos do Instagram, Facebook e outras redes sociais que você tiver.

Assim, você já terá uma base para começar a produzir o seu produto.

Esse ponto é muito importante para definir qual vai ser o assunto principal do seu produto.

Eu recomendo que você vá direto ao ponto, no exemplo como importar é muito genérico.

Um produto ideal seria “como importar roupas de marcas famosas”.

Além disso, antes mesmo que você comece a produzir um produto o ideal é que você tenha conhecimento sobre o assunto, faça algo que realmente goste e que entenda a necessidade do seu público.

 

3 – Qual vai ser o formato do seu produto?

Agora é a parte de colocar a mão na massa, começar a criação do seu produto.

Portanto, você já deve ter feito a pesquisa do seu público-alvo e ter definido o assunto principal do seu produto.

Essa é uma fase muito importante da criação do seu produto, pois vai definir as próximas ações.

Por exemplo, se você for criar um e-book, você vai ter um custo muito baixo para produzir o seu produto digital.

Por outro lado, se você for criar um produto que necessite de uma área de membros, por exemplo, terá bem mais trabalho e custos que um e-book.

 

Dicas para escolher o melhor formato

1 – Defina o preço

Um ponto muito importante é em relação ao preço do seu produto, é importante avaliar o orçamento do seu público.

Pois, muitas pessoas tem os seus rendimentos, praticamente todo comprometido.

Se colocar um preço muito alto vai vender para um número bem menor de clientes.

2 – Qual o formato para atingir os objetivos do seu cliente

No exemplo do produto “como importar roupas de marcas famosas”, poderia ser usado um formato de e-book, de vídeos ou quem sabe de ambos.

Por outro lado, se você fosse ensinar como fazer edições em fotos ou vídeos, o formato ideal seria em vídeo aulas.

 

4 – Planeje a criação do seu produto

Eu já criei alguns produtos em diferentes nichos e ainda pretendo criar vários outros. E a cada produto que eu vou criar eu planejo tudo antes.

Eu uso o sistema de mapas mentais, para já ir colocando todas as minhas ideias em ordem.

A primeira coisa que eu faço é colocar todas as possíveis ideias que eu vou abordar no meu produto, e depois eu começo a organiza-lo em suas devidas ordens.

Fazendo assim surgirá novas ideias, que você poderá acrescentar em seus produtos e deixar ele mais rico em informações.

Por exemplo, se você escolher o formato de um e-book, ao utilizar o mapa mental vai surgir ideias para os capítulos.

No caso do seu produto, se for um curso online, vão surgir novas ideias para incluir nos seus módulos.

Pegue todas essas novas ideias e organize tudo, feito isso você já vai ter o escopo do seu produto.

Com o escopo em mãos é a hora de começar a criar o conteúdo do seu produto digital.

 

5 – Crie listas de e-mail

listas de e-mail

Se você for analisar quase todo produtor digital trabalha na construção de listas de e-mail.

Se você já trabalha online ou como afiliado já sabe da grande importância em ter listas de e-mail.

Ter uma lista de e-mail vai te ajudar muito no lançamento do seu produto, mas vou te citar apenas 3 motivos para você ter as suas listas de e-mail.

 

1 – Controle

Como você já sabe as redes sociais possui suas políticas e suas restrições, portanto, você tem que seguir as suas regras, o que te limita muito em suas estratégias.

O Facebook por exemplo não aceita links de afiliados ou outros links semelhantes.

Já com o e-mail, você manda o que você quer e quando quiser, te permite um maior controle

 

2 – Relacionamento

Já foi comprovado que o e-mail deixa você mais próximo da sua audiência, as pessoas tendem a confiar mais em você.

 

3 – Maior acesso

Quando você publica algo em suas redes social, a própria rede social vai mostrar para aproximadamente 2% do total de seus amigos.

Pelo motivo da monetização, ela vai querer que você faça um anúncio pago, para mostrar o seu conteúdo para um público bem maior.

Já no caso do sistema de e-mail, sua mensagem vai ser entregue para todos que estão em sua lista.

Se você ainda não usa um sistema de e-mail, ou não quer investir num sistema pago agora. Pode usar o E-goi um sistema gratuito com capacidade para 5000 contatos.

 

6 – Iscas digitais

Para que você consiga seus leads é necessário oferecer algo em troca, e é aí que entra as iscas digitais.

É como se você fosse pescar um peixe, vai precisar usar uma isca, assim será também com seus leads.

Portanto, uma isca digital é um produto que você vai oferecer para seu lead gratuitamente em troca do seu e-mail.

Mas o mais importante é que o seu lead precisa compor o seu público-alvo.

Portanto, a sua isca digital deverá ter o mesmo assunto do seu produto, ou seja, uma antecipação do produto que você irá vender.

A isca digital pode ser de vários formatos, um e-book pequeno, um minicurso ou simplesmente uma amostra do seu produto principal.

O segredo é a isca certa para a pessoa certa. Por exemplo, de nada adiantaria lançar um produto de como importar relógios se a pessoa na verdade quer aprender a importar roupas.

Além disso, de nada adiantaria ter uma lista de pessoas que não iria comprar o seu produto.

Na verdade, a isca digital vai levar o seu lead até a venda do seu produto, como se fosse um fio condutor.

O segredo é fazer uma isca digital bem-feita, que mostre qualidade e profissionalismo. Tente caprichar o máximo tanto no seu conteúdo quanto em seu designer.

Provavelmente, você não compraria um produto recomendado por uma isca digital mal feita, não é mesmo.

 

Posicionamento das iscas digitais

O processo de criar uma isca digital, não é algo difícil e nem complexo, mas dá um pouco de trabalho.

Além disso, depois de criada sua isca digital você deve posicionar ela de maneira estratégia em seu blog, para captar os e-mails e posteriormente realizar vendas.

Portanto, para poder capturar os e-mails será necessário usar um sistema de e-mail marketing e criar um formulário de captura e integrar no seu blog.

Eu recomendo que você adicione os formulários de captura no cabeçalho do seu blog, barra lateral e por fim, nos finais dos artigos.

Além disso, seria interessante criar uma página exclusiva para download de e-book e colocar a sua isca digital.

Portanto, eu recomendo que você use um tema otimizado e focado em conversões como o Wolf WP e o WP Avenger.

Além disso, esses temas já possuem seus formulários prontos, basta apenas você integrar com seu sistema de e-mail marketing.

Vou deixar aqui um artigo com os principais temas focados em conversões.

Depois que você deixou tudo pronto, seus formulários e páginas de captura, você deve ainda posicionar em diversos outros lugares.

◊  No seu canal do Youtube.

◊  Em grupos do Facebook.

◊  Em todas as suas redes sociais.

◊  Em todas as postagens que você fizer.

Ao fazer esses posicionamentos, vai fazer a sua lista aumentar significativamente.

 

7 – Lançamento do seu produto

com o lançar um produto

Nessa última etapa você vai finalizar o seu produto digital e vai partir para o lançamento.

Porém, com base nos seus planejamentos é preciso que você estabeleça prazos para cumprir.

Além disso, você vai ter que trabalhar diariamente em cima do seu produto, gravar vídeos, fazer os ajustes necessários, finalizar módulos ou capítulos.

Essa é, portanto, uma fase que pode ser um tanto cansativo, mas é comum.

Porém, você deve ser ciente que tem que terminar o seu trabalho. De nada vai adiantar começar 10 projetos e no final não concluir nenhum, não é mesmo.

E para finalizar esse artigo eu vou te mostrar como vender o seu produto digital a seguir.

◊ ◊ ◊

Como vender seu produto – 7 formas excelentes

Depois de seu produto criado, agora vem uma nova jornada que é colher os frutos do seu trabalho.

E para isso é preciso fazer a divulgação para vender o seu produto.

 

1 – Anúncios pagos

Essa é a forma mais rápida de vender um produto na internet, é usando os anúncios pagos.

As duas principais plataformas de anúncios pagos são o Facebook Ads e o Google Adwords.

Portanto, muitas vezes o retorno poderá não ser positivo ao utilizar essas plataformas, mas para isso é necessário entende-las.

 

2 – Afiliados

Portanto, dar a opção de afiliação para o seu produto é algo de extrema importância para vender ainda mais.

Pois os afiliados são uma força incrível de vendas! Ao lançar o seu produto nas plataformas Eduzz, Monetizze ou Hotmart com certeza você vai poder contar com a força dos afiliados.

 

3 – Parcerias

Uma outra forma que funciona muito bem para vender um produto de lançamento é fechando parcerias.

Você pode oferecer uma boa comissão para pessoas que já atuam no seu nicho de mercado, para elas divulgarem para a sua lista de e-mail.

 

4 – Redes sociais

As redes sociais tem um poder incrível! E com certeza você poderá utilizar todas elas para vender o seu produto.

Mas sugiro que você foque principalmente no Instagram e no Facebook, pois essas são as que tem um melhor engajamento.

 

5 – Lives

As lives tem um ótimo poder de conectar as pessoas, sendo assim as taxas de conversão será enorme.

Você poderá usar o Youtube ou o Facebook para fazer suas lives, ou poderá utilizar ambos.

 

6 – Lista de e-mail

As suas listas de e-mails são muito importantes, pois, as pessoas que já estão na sua lista são os maiores potenciais, que poderão comprar o seu produto.

Portanto, antes mesmo de lançar o seu produto, envie alguns e-mails antecipando o seu produto.

Mande alguns conteúdos sobre o assunto, assim, você estará preparando o terreno.

 

7 – Sequência de e-mail

Portanto, uma sequência de e-mail quando realizada da maneira correta poderá realizar muitas vendas.

Essa sequencia de e-mail é conhecida como o “funil de vendas”, é a sequência de e-mail que será enviada pós captura do e-mail do seu lead.

◊ ◊ ◊

Para concluir

Eu recomendo que você crie seus produtos digitais, você fazendo isso, vai gerar várias formas de gerar renda passiva.

Depois do seu trabalho feito, o resto vai funcionar praticamente no piloto automático, fazendo apenas alguns ajustes.

Porém, se você quer dar um passo mais além e deseja criar produtos que exija um pouco mais de conhecimento.

Vou te recomendar um ótimo treinamento que é o Expert Dominante, um treinamento completo sobre criação de produtos digitais.

Deixe seu comentário logo abaixo falando o que achou desse artigo e como ele te ajudou.

E-book Grátis!

E-book Grátis!

Como Criar Seu Negócio Online do Zero.

Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Josiel Santos
Josiel Santos

Fundador de vários projetos online, essa plataforma foi criada para ajudá-lo a criar seu blog, facilitando o crescimento do seu negócio online.

2 Comentários


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.