Se você estava procurando um guia completo sobre o que é SEO, então você está no lugar certo, continue aqui e aprenda tudo sobre SEO.

SEO significa Searche Engine Optimization que ao traduzir significa otimização de sites para mecanismos de buscas.

SEO é, portanto, um conjunto de técnicas que visa melhorar a visibilidade de um site em mecanismos de buscas como o Google.

Além, de gerar um aumento de tráfego, gera bons rankings orgânicos e autoridade.

Se você já tem um blog, com certeza já percebeu que apenas colocar um projeto no ar não basta, é preciso gerar tráfego.

Pois, sem tráfego não tem como gerar leads e vendas, então, sem tráfego=sem dinheiro.

Provavelmente, se o seu maior problema é realizar vendas no seu negócio, um dos motivos é a falta de tráfego no seu blog.

Você já deve saber que os mecanismos de buscas são responsáveis pelo tráfego mais frequente em qualquer site. Portanto, é muito importante estar bem posicionado nas páginas de resultados.

Os seus potenciais clientes vão acessar um blog quando estiverem pesquisando o assunto do seu mercado. A questão é? Você vai permitir que eles vão para os blogs dos seus concorrentes?

Pois, preparei esse artigo para todos os que precisam de ajuda com o SEO do seu blog ou site.

Vou trazer muitos conceitos, técnicas, dicas práticas etc.

Boa leitura!

◊ ◊ ◊

O que é SEO?

Não sei se você sabe, mas o Google possui um sistema complexo de algoritmos que faz o monitoramento da internet 24 horas por dia.

O principal objetivo do Google é que seja entregue para os usuários o melhor conteúdo sobre aquilo que foi pesquisado.

E ele faz essa classificação através de um sistema de palavras-chave, ou seja, por aquilo que a pessoa pesquisou.

1 – A pessoa vai ao Google e faz a pesquisa: “como criar um negócio online”.

2 – Portanto, o Google vai mostrar na primeira página os 10 primeiros resultados, que é conhecido como SERP, aqueles resultados que estão classificados de acordo com o ranking de posicionamento.

Esses 10 resultados que estão na primeira pagina do Google são os que mais recebem cliques. E quanto mais alta for sua classificação melhor, mais pessoas visitaram o seu blog.

3 – Para fazer a classificação da SERP o Google analisa uma serie de fatores, qualidade do conteúdo, relevância da palavra-chave, backlinks, autoridade do blog e outras centenas de fatores.

4 – Porém, muitos desses pontos que o Google faz essa analise podem ser melhoradas utilizando técnicas específicas.

5 – Para a pesquisa “como criar um negócio online”, pode ser aplicado diversas técnicas de SEO para que alcance a primeira posição no Google.

 

Mas então Josiel, o que é SEO…?

SEO são técnicas de otimizações de site ou blog, para que o Google entenda que o seu conteúdo é bom e mostre para o usuário como sendo o melhor resultado sobre uma determinada palavra-chave.

No exemplo acima, a palavra-chave foi “como criar um negócio online”.

Portanto, SEO é o que você tem que fazer para que seu conteúdo seja bem ranqueado no Google, sendo assim, o seu blog irá receber muitos visitantes, então você captura leads e faz vendas.

Porém, com as técnicas de SEO, você vai fazer com que as pessoas encontrem o seu conteúdo na internet.

O SEO bem feito é com certeza uma das melhores estratégias de marketing digital, pois uma vez feito e seu conteúdo posicionado, o retorno será muito positivo.

mecanismos de busca

 

5 Benefícios do SEO para o seu negócio

Agora você já sabe o que é SEO, e que ele é indispensável para ranquear os seus conteúdos nas primeiras posições, não é mesmo?

Porém, os benefícios dessas otimizações vão muito além.

Quando você consegue posicionar os seus conteúdos nos primeiros lugares nos mecanismos de busca, o que acontece a seguir:

Veja:

 

1. Aumento do tráfego

Pense comigo.

Você tem um blog legal, recheado de conteúdos incríveis e que são relevantes, não faria nenhum sentido o Google não indicar para os usuários que estão buscando por aqueles conteúdos relacionados, certo?

E quando essa indicação acontece, isso vai atrair aquelas pessoas certas para o seu conteúdo, ou seja, aqueles que estão interessados naquele assunto, que você está oferecendo.

 

2. Geração de leads

A grande maioria dos visitantes de blogs ou sites vem dos mecanismos de busca.

Portanto, um bom posicionamento vai atrair para a sua página, uma boa quantidade de leads.

Essas pessoas entrarão em sua página e, muito provavelmente, vão realizar algum tipo de cadastro para receber conteúdos de você.

Portanto, quanto maior for o seu investimento em SEO, mais qualificado vai ser o seu tráfego.

 

3. Vendas

Portanto, você apostou em SEO, o seu tráfego aumentou na sua página e conseguiu muitos leads.

Naturalmente, as vendas começaram a acontecer de forma progressiva.

Sabe o que isso significa? Que todo o investimento em SEO vai voltar em forma de lucro para você.

 

4. Influência na decisão de compra

As pessoas são mais propensas a comprar em sites de buscas orgânicas do que daqueles em links patrocinados(anúncios).

Então, de que forma essas pessoas vão encontrar o seu site se ele não estiver bem posicionado.

Mas se o seu blog ou site for uma bagunça, todo desorganizado, e que não seja amigável para dispositivos móvel, o usuário não vai querer comprar de você.

 

5. Fortalecimento da reputação da marca

Lembre-se que as páginas que estão nas primeiras posições e que estão em destaques nos mecanismos de buscas, não estão ali por acaso.

O Google sabe que para ranquear um conteúdo vários fatores são analisados.

E os usuários sabem disso também, pois ao se deparar com sua marca em destaque, com certeza eles passarão a respeita-la.

◊ ◊ ◊

Estratégia de SEO – Para ranquear no Google

Estratégias para rankear no Google

Então vamos entender como o Google funciona? Neste mecanismo de buscas, os resultados são divididos em dois grupos diferentes: Resultados pagos e orgânicos.

Os resultados pagos, aqueles que são provenientes de anúncios, são mostrados no topo de cada página, sendo sinalizado, abaixo do link vai aparecer o texto escrito “anúncio” na cor verde. Depois vem os resultados orgânicos em seguida.

A classificação dos resultados é, portanto, definida pelos robôs do Google que analisam centenas de dados como relevância do conteúdo, autoridade da página. E em questão de segundos mostram os resultados para o usuário.

Os robôs entendem que devem priorizar as páginas que são mais relevantes e que ofereça a melhor experiência para o usuário. Ou seja, aquela que é a mais completa.

Porém, esses robôs ainda não conseguem fazer a leitura de imagens e javascrip, como nos usuários conseguimos.

Por isso, é importante trabalhar o texto alternativo nas imagens, inserindo a descrição sobre o que ela se refere, para auxiliar na compreensão dos robôs sobre o que se trata aquela imagem.

◊ ◊ ◊

Principais fatores no ranking do Google

Hoje, estima-se que tem mais de 200 fatores de classificação direta no rankeamento de uma página.

Aqui vou listar alguns básicos, que necessitam de atenção ao planejar o SEO.

 

Fatores On Page (aquilo que é trabalhado dentro do blog ou site)

◊  A qualidade do seu conteúdo;

◊  O tamanho do conteúdo;

◊  O título do conteúdo;

◊  O título de SEO;

◊  URLs amigáveis;

◊  Uso de palavras-chave

◊  Uso de subtítulos;

◊  Tempo dentro da página;

◊  Otimização de imagens;

◊  Tamanho da imagem;

◊  Links internos;

◊  Links externos;

◊  Meta descrição;

◊  Botões de compartilhamento social;

 

Fatores Off Page (aquilo que acontece fora do site ou blog)

◊  Link Building;

◊  Autoridade;

◊  Engajamento nas redes sociais.

No decorrer desse artigo, vou mostrar em detalhes cada um deles.

◊ ◊ ◊

Escolhendo a palavra-chave

palavras-chave

Há quem diga que o ponto de origem para fazer um SEO bem feito, é na escolha da palavra-chave.

A palavra-chave pode ser:

Cauda curta: Importar.

Cauda média: Como importar Rolex.

Cauda longa: Como importar camisetas da marca Hollister.

Porém, a estratégia usada aqui no blog é em cima de palavras-chave de cauda média, porque assim acaba ranqueando para as palavras de cauda curta e cauda longa.

Isso acontece, porque trabalhamos nos principais tópicos dos artigos essas palavras de cauda média.

Porém, não existe um número exato de pesquisas para determinar se uma palavra-chave vale a pena ou não para se escrever um artigo.

É preciso avaliar conforme o seu nicho, estratégias, etc.

Mas é importante que sua palavra-chave tenha no mínimo umas 200 buscas mensais.

Avalie com atenção as palavras-chaves relacionadas, pois elas poderão te ajudar no posicionamento do seu conteúdo.

Bom, se você estiver pensando que 200 pesquisas mensais é muito pouco e mesmo que seu artigo esteja nas primeiras posições, vou receber poucos cliques.

Porém, o segredo é ter muitos artigos bem posicionados, assim você irá receber uma enxurrada de tráfego.

Por exemplo, se você receber 100 visitas mensais por artigo, isso que é um número baixo de buscas, mas se você tiver 100 artigos posicionados, então você vai estar recebendo 10.000 visitas mensais no seu blog.

Para que você possa escolher as melhores palavras-chave vou disponibilizar aqui um guia passo a passo.

Como analisar a quantidade de buscas dificuldade para ranqueamento de SEO e etc.

◊ ◊ ◊

3 tipos de buscas no Google

Agora que já entendemos o que é SEO, vamos entender os tipos de buscas no Google.

Portanto, os resultados dos mecanismos são direcionados conforme as necessidades dos usuários.

E para que você consiga compreender essa forma que o usuário faz suas buscas, você tem que compreender qual é a intenção que o usuário tinha quando digitou uma determinada palavra-chave.

Porém, saber a intenção dos usuários quando fazem uma pesquisa no Google, irá te ajudar a montar a melhor estratégia para capturar as pessoas certas para o seu site.

 

Os 3 tipos de buscas são:

Busca direta;

Busca informativa;

Busca comercial;

 

Busca direta

Essa é a pesquisa em que a pessoa faz quando já sabe o site em que ela deseja acessar, mas simplesmente ela não lembra da URL ou por achar mais fácil ela digita o nome do site em vez de digitar sua URL.

Por exemplo: Viva do seu blog em vez de https://vivadoseublog.com.

 

Busca informativa

Essa busca é feita quando o usuário quer receber a informação sobre algum assunto, seja através de artigos de blogs, notícias, etc.

Na busca informativa o usuário não sabe em qual site vai encontrar a informação, diferente da busca direta em que ele sabe o site que deseja acessar.

Então, se o seu site estiver bem posicionado, com certeza o Google vai mostrar ele no resultado da busca do usuário, pelo termo que ele buscou.

 

Busca comercial

É a pesquisa que o usuário faz para realizar algum tipo de transação online, seja ela para encontrar uma loja ou para comprar um produto.

Por isso, se o seu site for um e-commerce, é fundamental trabalhar o SEO, pois esse tipo de busca é voltado para esse tipo de negócio.

◊ ◊ ◊

SEO On Page x SEO Off Page

Seo On Page x Seo Off Page

Muito provavelmente você já ouviu falar de SEO On Page e SEO Off Page, então, essas são duas técnicas de SEO.

SEO On Page são técnicas que são aplicadas dentro do seu site, ou seja, na escrita do seu artigo, e na configuração do site.

Já a técnica de SEO Off Page, consiste na criação de backlinks para o seu site.

Então você deve estar se perguntando, porque é necessário ter links de outros blogs ou sites apontando para você?

Lembra lá no inicio que eu comentei que o Google analisa a autoridade do seu blog, qualidade de conteúdo, etc.?

Ao ter links apontando para o seu site, é a mesma coisa que tivesse pessoas indicando seu conteúdo.

Imagine um produto de emagrecimento. Quanto mais pessoas recomendam esse produto, mais pessoas vão entender que o produto é bom.

Portanto, para o Google, um link de outro site apontando para o seu é como uma recomendação do seu conteúdo.

Além disso, quanto mais links você receber, o Google vai entender que o seu site é bom, e vai melhorar o seu posicionamento.

◊ ◊ ◊

Não adianta aplicar técnicas de SEO sem um bom conteúdo

Imagino que você esta animado para fazer SEO no seu site ou blog, certo?

Portanto, é algo que você tem que dar a sua devida atenção.

Você escolheu as melhores palavras-chave e fez uma excelente pesquisa, mas de nada vai adiantar se não entregar um conteúdo de qualidade.

Muito provavelmente você já ouviu o termo “conteúdo é rei”. Mesmo que o seu site apareça nas primeiras posições, se o seu conteúdo não atender as expectativas do seu público-alvo, de nada vai adiantar.

Para que você entenda melhor esse conceito, para o Google cada usuário que faz uma pesquisa é um cliente, e para satisfazer os seus clientes o Google oferece o melhor conteúdo, aquele que atenda às suas necessidades.

Portanto, esse é o principal segredo do sucesso do Google, entregar o conteúdo que traz a melhor experiência para o usuário.

Porém, alguns especialistas em SEO dizem que conteúdo não é tão relevante. Eu discordo totalmente.

Você pode saber SEO nos mínimos detalhes, mas se o seu conteúdo não for bom, de nada vai adiantar todo o seu trabalho.

◊ ◊ ◊

SEO On Page

SEO On Page

Após ter feito a analise e a escolha da sua palavra-chave, é hora de fazer o SEO On Page, aquele que é feito dentro do site.

Porém, já sabemos o que é SEO On Page, então vamos começar a pôr em prática.

 

Fatores de rankeamento do Google

Existem diversos fatores que vão classificar o SEO do seu site, seja eles On Page ou Off Page.

Já no On Page, esses fatores de rankeamento podem ser trabalhados dentro do próprio site e artigo, assim o seu conteúdo vai começar aparecer para os mecanismos de buscas, quando um usuário fazer uma pesquisa.

 

Instalação do Plugin Yoast SEO

Se você não usa esse plugin, então instalar o Yoast SEO deve ser a primeira coisa a ser feita agora.

Eu já testei vários plugins de SEO, e considero o Yoast SEO como o melhor da categoria.

 

Uso da palavra-chave

O recomendado é que você repita a sua palavra-chave durante o texto de 2% a 3%.

Por exemplo, se o seu texto tiver 2 mil palavras, repita de 40 a 60 vezes.

Nesse artigo eu estou trabalhando com a palavra-chave “o que é SEO”, e no decorrer do artigo eu repito a palavra “o que é SEO” de forma natural.

 

Título do artigo

O título do seu artigo deve conter a sua palavra-chave.

Você pode definir os dois títulos: o título do artigo, que é colocado direto no seu WordPress e o título do Google, que você define através do plugin Yoast SEO.

Já o título para o Google, não pode ultrapassar dos 58 caracteres de tamanho.

 

Subtítulos

Faça a organização do seu texto fazendo uso de subtítulos. Use no máximo 300 palavras entre subtítulos.

Uma dica extra: No H2 faça uso com a sua palavra-chave e no H3, com uma palavra-chave relacionada.

 

Url

A Url é o link específico do seu artigo no seu blog. Crie a Url com a palavra-chave, e que ela seja curta.

 

Quantidade de palavras no artigo

Essa é uma dúvida de muitas pessoas, quantas palavras usar nos artigos.

Porém, eu recomendo usar no mínimo 1500 palavras por artigo. Aqui no blog nos trabalhamos com artigos de 2000 a 6000 palavras.

Segundo pesquisas, os artigos que estão ranqueados têm em média 2000 palavras, então essa seria uma quantia ideal.

 

Links internos

Se você é leitor aqui do Viva do seu blog, já percebeu que sempre fizemos referência a outros artigos nossos.

Porém, são dois motivos para indicar outros artigos:

 1 – Indicar conteúdo de qualidade que complemente o que está sendo apresentado e aumentar o tempo de permanência no blog.

2 – Por questão de SEO, pois a linkagem interna é relevante para o Google nos quesitos de SEO.

 

Tempo de permanência no seu site

Esse é um dos fatores que pode impactar o rankeamento do seu site, o tempo em que o seu visitante permanece em sua página.

Portanto, deixe o seu conteúdo bem atrativo, assim seu leitor se interessa pela leitura e não sai rapidamente do seu blog.

 

Imagens otimizadas

Procure usar imagens do tamanho que vai ser exibido, não use imagens grandes e que sejam pesadas, pois elas podem dificultar no carregamento da página.

Escreva a palavra-chave no texto alternativo (alt text) assim os robôs do Google vão saber do que se trata.

 

Meta descrição

Você vai preencher a meta descrição no final do artigo no Yoast SEO. Porém, é uma breve descrição do seu artigo e nela você deve fazer uso da sua palavra-chave em questão.

 

Botões de compartilhamento

Entretanto ter botões de compartilhamento não é um fator de ranqueamento do Google, mas é essêncial para otimizar as páginas do seu blog.

Assim, quando eles forem bem localizados em suas páginas e a sua meta descrição bem-feita, vai fazer com que a experiência do usuário seja melhorada.

E a partir disso, as ações que seu visitante tomar influenciara no posicionamento da sua página.

 

Velocidade de carregamento

Cada vez mais as pessoas estão mais apressadas e sem tempo, querem tudo para ontem, e em relação ao acesso na internet não é diferente.

Para que o usuário não abandone imediatamente sua página, ela deve ter um carregamento rápido, ou seja, alguns segundos, para que o usuário não abandone e clique no site de seu concorrente.

Se a sua página é lenta e demora para carregar, os usuários não permanecerão nela e, a repetição dessa ação, vai fazer que o algoritmo do Google entenda que o seu conteúdo não é bom, sendo assim o seu conteúdo não vai ter uma boa classificação de SEO.

Para medir a velocidade do seu site, use o Page Speed.

 

Design Responsivo

O Google da prioridade a sites que tenham um designer responsivo, ou seja, aqueles que se adaptam em dispositivos móvel como celulares e tabletes.

Porém, escolha um design que seja responsivo para o seu site ou blog, assim você terá um fator a mais para raqueamento do Google.

Vou deixar aqui um artigo contendo os 11 melhores temas para WordPress.

◊ ◊ ◊

SEO Off Page

Seo Off Page

SEO Off Page pode ser definido como criação de links que vai apontar para o seu blog. Esses links são denominados Backlinks.

Lembra das recomendações do produto de emagrecimento que eu mencionei anteriormente? Portanto, para se conseguir essas recomendações naturalmente, na maioria das vezes pode ser um processo que demore.

As técnicas utilizadas para conseguir links naturalmente são chamadas de SEO White Hat.

Já por outro lado, pode se acelerar esse processo para conseguir links, e isso é feito através de técnicas de SEO Black Hat.

Porém, o Google não gosta de criação de links artificiais, ele entende como sendo manipulação de links.

 

Então o que é um backlink

Um backlink é um link de outro blog que aponta para o seu blog.

Por exemplo, suponha que o site xxx.com esteja falando de SEO, e como esse artigo é um guia completo de SEO eles façam um link que aponte para esse artigo.

Isso é o que chamamos de backlink.

Porém, os backlinks que vão ter efeito para ranquear no Google, seguem o exemplo acima, tem relação de conteúdo e são contextuais.

De nada adiantaria receber um link de um blog de emagrecimento, pois não há uma relação de conteúdo.

 

Link Building

Já o link building é o principal responsável para que sua página se destaque como sendo relevante para o Google.

Pois ele serve para que outros sites e blogs apontem para o seu, indicando que o seu conteúdo é referência no assunto.

O link building é, portanto, o processo de criação de links para o seu blog ou site.

 

Links sociais

Use suas redes sociais e publique conteúdos que apontem para o seu blog. Isso vai fazer com que aumente os sinais sociais.

 

Comentários

Você visita blogs do mesmo nicho seu e faz comentários, porém é um processo natural.

 

Troca de links

Fazer parcerias e trocar links é uma excelente alternativa para fazer backlink.

 

Guest Posts

Consiste em encontrar pessoas que queiram ceder um espaço em seu blog para publicar um artigo como convidado.

O segredo é oferecer um conteúdo incrível.

 

Posts patrocinados

Muito parecido com o guest post, a diferença é que você vai pagar para publicar um artigo seu em outro blog.

Coloque os links que apontem para o seu site, seu conteúdo deve ser bom para que os leitores visitem sua página.

 

Web 2.0

Conhece aqueles blogs do WordPress, Tumblr, Blogspot, etc.?

Esses blogs compõem o que chamam de web 2.0.

São blogs gratuitos e que você pode utilizar para te ajudar a criar seus links que vai apontar para o seu blog. A maior vantagem é que você não vai investir dinheiro: são gratuitos.

 

Exemplos de Web 2.0.

Blogger.com

Tumblr.com

WordPress.com

◊ ◊ ◊

PBN – Rede Privada de Blogs

Essa é, portanto, uma estratégia bem mais avançada, mas que o seu potencial é enorme.

Você já percebeu que a qualidade dos sites que indicam o seu conteúdo através dos links é fundamental para SEO.

Porém, conseguir com que um site com uma autoridade alta, aponte para você é um processo difícil, podendo ser demorado ou caro, muitas vezes será necessário pagar por um post patrocinado.

E aí veio a solução para esse problema. Por que não criar um site de qualidade para gerar links de qualidade.

Você sabe, quando registramos os nossos domínios, temos um período de um ano pelo menos, e para mantê-lo teremos que renovar todos os anos.

Acontece que diariamente centenas ou milhares de domínios ficam expirados, pois seus donos, não renovam e muitos desses domínios são de alta qualidade.

Esses sites expirados são capazes de gerar links de altíssima qualidade e que vai ajudar você a subir suas posições no ranking do Google.

 

Essa é a principal vantagem de fazer PBN’s.

Porém, esses blogs que são construídos com esses domínios expirados, são denominados PBN’s, que são Rede Privada de Blogs.

Porém, vai ser blogs de sua propriedade onde você vai ter total controle em suas publicações e na criação dos links.

Então, você tem que fazer os seus links de forma natural e não cometer exageros, se o Google perceber que está manipulando links seu trabalho pode ir para o ralo.

Existem diversas formas para se encontrar esses domínios expirados.

Uma vez que você fez o registro desse domínio expirado, basta criar o blog no WordPress da mesma forma que você criou o seu blog principal.

No treinamento Fórmula Negócio Online o Alex ensina com detalhes tudo sobre a criação de PBN.

Porém, essas técnicas são recomendadas para um negócio a longo prazo, pois os resultados são mais demorados.

 

E-book Grátis!

E-book Grátis!

Como Criar Seu Negócio Online do Zero.

Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Josiel Santos
Josiel Santos

Fundador de vários projetos online, essa plataforma foi criada para ajudá-lo a criar seu blog, facilitando o crescimento do seu negócio online.

2 Comentários

  1. eu estava precisando de um conteudo assim, vou começar a aplicar em meu negócio agora mesmo, top de mais


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.